G8 vaticano prossegue trabalhos para reformar Cúria Romana

Encontros da tarde de ontem e da manhã de hoje foram realizados em clima de "grande serenidade e em um ambiente aberto e cordial entre todos os participantes"

Cidade do Vaticano – O chamado “G8 vaticano”, como é conhecido o conselho dos oito cardeais nomeados pelo papa Francisco para ajudá-lo em sua reforma da Cúria Romana, seguiu nesta quarta-feira com a análise dos diferentes dicastérios (departamentos do governo da Igreja Católica que compõem a Cúria), sem a presença do pontífice, que se encontrava na audiência geral de quarta-feira.

De acordo com uma nota do escritório de imprensa da Santa Sé, os encontros da tarde de ontem e da manhã de hoje foram realizados em um clima de “grande serenidade e em um ambiente aberto e cordial entre todos os participantes”.

A Comissão Cardinalícia para a reforma da Cúria por ordem do papa Francisco se reunirá mais uma vez hoje, durante a tarde, dessa vez com a participação do pontífice.

Além disso, e tal como antecipou na manhã de ontem o Vaticano, o novo Secretário de Estado, Pietro Parolin, foi convidado para participar da reunião para receber a felicitação dos cardeais presentes por sua nomeação e como primeiro contato para “uma boa parceria para o serviço ao Santo Padre no governo da Igreja”.

O Vaticano mantém que, apesar da ausência do papa na reunião de hoje de manhã, “os trabalhos prosseguiram com regularidade para estudar sucessivamente os diferentes dicastérios da Cúria Romana, entre eles o da Causa dos Santos, a Educação Católica e a Evangelização dos Povos”.

A Santa Sé também afirmou que “é possível que, no decorrer dos próximos dias, possa se completar um primeiro lance de considerações sobre as congregações” para que, posteriormente, seja estudado pelo Conselho Pontifício e pelos próprios dicastérios.

“É preciso, além disso, destacar que se trata de uma primeira consideração que, naturalmente, deverá, depois, ser estudada no âmbito de uma posterior consideração mais complexa”, esclareceu a nota de imprensa.

Esta é a segunda rodada de reuniões do “G8 vaticano”. A primeira foi em outubro, após a qual os cardeais chegaram à conclusão da necessidade de não limitar-se a fazer somente “pequenos retoques” na Constituição Apostólica “Pastor Bonus”, mas sim criar uma nova constituição apostólica sobre a Cúria Romana.