Fukushima não cumprirá prazo de descontaminação de água

Admissão por parte da empresa, conhecida como Tepco, é mais um revés na sua luta para lidar com a água contaminada

Tóquio – A Tokyo Electric Power Co, operadora da central nuclear de Fukushima, informou que não será capaz de cumprir um prazo autoimposto, o final de março, para descontaminar água contendo substâncias altamente radioativas.

A admissão por parte da empresa, conhecida como Tepco, é mais um revés na sua luta para lidar com a água contaminada, na maior parte mantida em tanques construídos às pressas.

O presidente da Tepco, Naomi Hirose, visitou dirigentes da Autoridade Reguladora Nuclear nesta sexta-feira para informar que a empresa não será capaz de processar toda a água contaminada até o final de março, como prometido.

“Eu me sinto muito triste por não ter sido capaz de cumprir a minha promessa de processar (a água contaminada)”, disse Hirose. “No nosso ritmo atual, vamos concluir o serviço até meados de maio”, acrescentou.

A Tepco vem lutando diariamente com a água contaminada desde que a usina de Fukushima foi destruída por um terremoto seguido de tsunami em março 2011 e três reatores entraram em colapso.