França vê ameaça em emissão de eurobônus

País afirmou temer que medida prejudique a nota de risco da dívida soberana da França, atualmente no nível máximo

Paris – O primeiro-ministro francês, François Fillon, afirmou hoje, em nota escrita para o jornal Le Figaro, que a emissão de bônus que representem toda a zona do euro pode prejudicar o rating (nota de risco) da dívida soberana da França, atualmente no nível máximo, além de aumentar o custo dos empréstimos tomados pelo país.

Segundo Fillon, aqueles que pedem a criação dos chamados eurobônus “esquecem de dizer que os papéis aumentariam o custo da dívida do governo francês e poderiam até mesmo colocar em questão o rating de crédito do país. Eles fingem acreditar que essa seria uma solução possível hoje, uma resposta imediata à turbulência do mercado”.

O primeiro-ministro da França disse também que os eurobônus não serão realidade enquanto faltarem reforços significativos à disciplina orçamentária, visto que atualmente as decisões dos membros da zona do euro sobre os gastos públicos são tomadas em âmbito nacional. As informações são da Dow Jones.