Forte tremor de magnitude 6,7 sacode norte do Chile

Vários produtos caíram das estantes de lojas de departamento, semáforos deixaram de funcionar, e elevadores e comunicações por telefone também apresentaram muitas falhas

Santiago – Um forte tremor de magnitude 6,7 afetou nesta quarta-feira as regiões de Atacama, Coquimbo e Valparaíso, no norte do Chile.

Ainda não houve relatos sobre mortos e feridos, mas sim de danos materiais em função do abalo sísmico.

Segundo o Instituto de Geofísica da Universidade do Chile, o fenômeno ocorreu às 17h16 locais (18h16 de Brasília), com epicentro a 704 quilômetros da capital Santiago e a 43 quilômetros de profundidade.

Segundo a imprensa local, em Vallenar houve cenas de pânico, já que várias vidraças quebraram em pleno centro da cidade. Dezenas de pessoas fugiram para lugares abertos, enquanto outras corriam em direção a escolas em busca de seus filhos.

Vários produtos caíram das estantes de lojas de departamento, semáforos deixaram de funcionar, e elevadores e comunicações por telefone também apresentaram muitas falhas.

Além disso, muitas pessoas que estavam perto de praias saíram rapidamente, embora de forma ordenada, e foram a lugares mais altos por medo de um tsunami. Segundo várias testemunhas, o fenômeno telúrico durou bastante tempo.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile informou que as características do tremor não são suficientes para gerar um tsunami no Pacífico.