Finlândia libera mísseis confiscados em navio britânico

Os mísseis foram encontrados a bordo do cargueiro 'Thor Liberty', que transportava uma carga de armas que a Alemanha vendeu para a Coreia do Sul no último ano

Helsinque – O governo da Finlândia anunciou nesta quarta-feira que concedeu uma ordem de liberação para os 69 mísseis Patriot terra-ar, os quais foram confiscados pelas autoridades alfandegárias do país nórdico no último dia 21 de dezembro no porto finlandês de Kotka.

Os mísseis, de fabricação americana, foram encontrados a bordo do cargueiro ‘Thor Liberty’, que transportava uma carga de armas que a Alemanha vendeu para a Coreia do Sul no último ano. Os armamentos foram interceptados pelas autoridades finlandesas por não possuírem a permissão necessária para terem feito essa escala no país.

Além dos mísseis, os agentes da alfândega encontraram nas adegas da embarcação 150 toneladas de nitroguanidina, um explosivo pouco sensível e com uma alta velocidade de detonação. Segundo as autoridades finlandesas, o explosivo estava armazenado de forma incorreta, em caixas de papelão, e etiquetado como material pirotécnico.

Até o momento, o proprietário legal deste material explosivo não foi encontrado, porém, o explosivo foi empacotado em contêineres fechados, tudo de acordo com as normas de segurança para o transporte de mercadorias perigosas.

Já o cargueiro ‘Thor Liberty’, de bandeira britânica, segue retido no porto de Kotka, situado a cerca de 120 quilômetros ao leste de Helsinque, enquanto a Polícia finlandesa continua suas investigações para averiguar a origem e o destino final dos explosivos.

Segundo a imprensa local, o capitão e o primeiro oficial da embarcação, ambos de nacionalidade ucraniana, seguem sem poder deixar o país e, por isso, que o ‘Thor Liberty’ não poderá seguir viagem até que se concluam todas as investigações policiais.