FBI retoma investigação sobre e-mails de Hillary Clinton

"O FBI tomou conhecimento da existência de correios que parecem ser pertinentes à nossa investigação", escreveu o diretor da polícia

O diretor do FBI (polícia federal americana), James Comey, informou nesta sexta-feira a membros da Câmara de Representantes que reabrirá a investigação contra Hillary Clinton, após encontrar novos e-mails dela, nos quais tentará determinar se continha material secreto.

“O FBI tomou conhecimento da existência de correios que parecem ser pertinentes à nossa investigação”, escreveu Comey aos legisladores em carta divulgada por eles.

“Manifestei meu acordo a que o FBI tome as medidas investigativas apropriadas” para que os peritos analisem estes e-mails, acrescentou.