FBI investiga ataques de hackers contra democratas

A revelação destaca a ampliação de um inquérito criminal norte-americano sobre ataques cibernéticos contra organizações do Partido Democrata

Washington – O FBI está investigando possíveis tentativas de invasão a celulares usados por autoridades do Partido Democrata, disseram quatro pessoas com conhecimento direto dos ataques e da investigação à Reuters.

A revelação destaca a ampliação de um inquérito criminal norte-americano sobre ataques cibernéticos contra organizações do Partido Democrata, incluindo a campanha presidencial da candidata e ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

Autoridades norte-americanas disseram acreditar que os ataques foram orquestrados por hackers apoiados pelo governo russo, possivelmente para prejudicar a eleição presidencial de 8 de novembro, na qual Hillary enfrenta o candidato republicano, Donald Trump.

A Rússia nega acusações de envolvimento com os ataques.

O ataque mais recente, contra celulares, também aparenta ter sido conduzido por hackers apoiados pela Rússia, disseram duas pessoas com conhecimento da situação.

Representantes do FBI não puderam comentar imediatamente, e um porta-voz da campanha de Hillary disse não ter conhecimento do possível ataque. O Comitê Nacional Democrata não respondeu a pedidos de comentários.