FBI acredita em autenticidade de vídeo de decapitação

A polícia federal americana acredita que o vídeo com a decapitação de jornalista americano seja autêntico, segundo jornal

Washington – A polícia federal americana (FBI) acredita que o vídeo com a suposta decapitação do jornalista americano James Foley, sequestrado na Síria em novembro de 2012, seja “autêntico”, indicou nesta quarta-feira o “GlobalPost”, veículo para o qual ele colaborava.

“O FBI disse na manhã da quarta-feira à família de Foley que acredita que o vídeo (divulgado) seja autêntico”, assinalou a nota do “GlobalPost”, com sede em Boston, em referência à execução do jornalista americano por jihadistas do Estado Islâmico (EI).