Farc se reúnem a portas fechadas após rejeição ao acordo

Os membros das Farc realizam a reunião no célebre Clube Havana da capital cubana, de onde acompanharam a apuração da votação

Havana – O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como “Timochenko”, e a equipe negociadora da guerrilha que participou dos diálogos de paz, estão reunidos a portas fechadas em Havana, analisando o resultado do referendo deste domingo no qual os colombianos disseram “não” ao acordo de paz.

Os membros das Farc realizam a reunião no célebre Clube Havana da capital cubana, de onde acompanharam a apuração da votação realizada hoje na Colômbia.

Junto a “Timochenko” se encontra também o número dois do grupo guerrilheiro e chefe negociador no processo de paz, Luciano Marín, conhecido como “Ivan Márquez”.

Um grupo numeroso de jornalistas permanece no local à espera de uma reação oficial dos insurgentes.