Farc elegem seis porta-vozes para o Congresso colombiano

Seis integrantes vão representar as Farc no Congresso da Colômbia nas discussões da implementação do acordo de paz

Bogotá – As Farc elegeram seus seis representantes, entre eles uma sobrevivente do partido de esquerda União Patriótica (UP), que irá representá-los no Congresso colombiano em onde se discutirão os projetos de lei para implementar o acordo de paz, informaram na quarta-feira os veículos de imprensa locais.

No Senado estarão Jairo Estrada Álvarez, Pablo Cruz e Judith Maldonado, enquanto na Câmara, Francisco Tolosa, Jairo Rivera e Imelda Daza, mas não possuem direito a votos nas sessões.

O primeiro debate que participarão, na próxima semana, será o da anistia, apresentado na terça-feira pelo governo ao Congresso e que iniciou a implementação do acordo de paz assinado pelo governo colombiano e a guerrilha, em Bogotá, no dia 24 de novembro.

Os escolhidos atuarão em nome do Movimento Cidadão Vozes de Paz, partido político de origem nacional, que visa impulsionar o acordo de paz e em “particular o trânsito das Farc-EP ao partido ou movimento político legal” e que amanhã se inscreverá na secretaria do Conselho Nacional Eleitoral.

Os representantes das Farc no Congresso, como determinado pela guerrilha, são membros da sociedade civil sem antecedentes criminais.