FAO divulga pautas para países elaborarem censos agrícolas

A Organização da ONU divulgou as novas pautas para que os países elaborem seus respectivos censos sobre o setor agrícola a partir do ano que vem

Roma – A Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO) divulgou nesta terça-feira as novas pautas para que os países elaborem seus respectivos censos sobre o setor agrícola a partir do ano que vem.

A FAO explicou em comunicado que esses guias permitirão realizar estatísticas harmonizadas e comparáveis entre os países, com o objetivo de implementar políticas baseadas em evidências empíricas para assegurar o desenvolvimento agrário, o acesso às terras e a melhoria da segurança alimentar, entre outras questões.

Os dados oferecerão uma visão estrutural do setor, incluídos o número e a dimensão das propriedades, o uso das terras, as zonas de cultivos, os sistemas de irrigação, o tamanho do gado e o número de pessoas empregadas na agricultura.

O novo programa mundial de censos, que cobre o período entre 2016 e 2025, contém pela primeira vez critérios sobre a forma de obter e integrar dados de pesca e de emissões de gases do efeito estufa causadas por atividades agrícolas.

Além disso, aconselha o uso intensivo de novas tecnologias para obter dados, como os Sistemas de Posicionamento Global (GPS), os Sistemas de Informação Geográfica (GIZ), os telefones celulares, os tablets e os computadores portáteis.

As imagens de satélites também poderão ajudar onde os lares e os terrenos estão claramente demarcados, segundo a nota.

Entre 2006 e 2015, 135 países realizaram censos agrícolas, mas muitos deles necessitaram de ajuda externa por sua limitada capacidade de elaborar estas estatísticas.