Exportadores alemães não temem desaparecimento do euro

A posição dos exportadores contradiz o discurso dos políticos, que advertem sobre os ricos deste cenário

Berlim – O presidente da federação de exportadores da Alemanha (BGA) garantiu nesta quarta-feira que este setor vital da maior economia europeia pode se adaptar a um eventual desaparecimento do euro, contradizendo o discurso dos políticos, que advertem sobre os ricos deste cenário.

“Para nós, o importante é o mercado livre, não precisamos forçosamente de uma moeda comum”, disse Anton Borner em declarações a jornalistas estrangeiros. “Existe um futuro para a Alemanha depois do euro? Sim, existe”, afirmou.