Explode reator 2 de Fukushima; cilindro de confinamento parece preservado

O governo afirmou inicialmente que a explosão, ouvida pouco após as 06h00 local (19h00 de Brasília), destruiu parcialmente o condensador do cilindro de confinamento

Tóquio – Uma explosão destruiu parcialmente nesta terça-feira o reator 2 da central nuclear de Fukushima 1, atingida pelo terremoto seguido de tsunami de sexta passada no nordeste do Japão, anunciou Agência de Segurança Nuclear japonesa, declarando que o cilindro de confinamento da usina parecia preservado.

O governo afirmou inicialmente que a explosão, ouvida pouco após as 06H00 local (19H00 de Brasília) destruira o reservatório do condensador do cilindro de confinamento concebido para impedir vazamentos radioativos em caso de acidente.

No entanto, um pouco mais tarde, a Agência de Segurança Nuclear japonesa declarou que o cilindro de confinamento do reator 2 da central nuclear de Fukushima parecia preservado, após a explosão que destruiu parte do reator.

Houve explosões em dois outros reatores desta usina, sábado e segunda-feira. Nos dois casos, a deflagração, devido ao escapamento de hidrogênio, danificou ou destruiu o prédio externo do reator, mas sem atingir o núcleo da instalação, segundo o governo.