Exército do Iraque controla prédios da Universidade de Mosul

A Universidade de Maan era a segunda maior do país até 2014, quando passou a ficar sob controle do grupo jihadista Estado Islâmico (EI)

Erbil – Forças Antiterroristas do Exército do Iraque entraram nesta sexta-feira na Universidade de Mosul, no leste da cidade, e tomaram o controle de vários edifícios, disse à Agência Efe o comandante desta unidade, o general Maan al Saadi.

A Universidade de Maan era a segunda maior do país até 2014, quando passou a ficar sob controle do grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Saadi explicou que as forças especiais conseguiram ocupar o Instituto e a Faculdade de Tecnologia, assim como vários edifícios administrativos, sobre os quais içaram a bandeira iraquiana.

Além disso, ele afirmou que as tropas continuam o avanço em meio a duros combates, nos quais pelo menos 19 jihadistas morreram , entre eles dois suicidas.

Os soldados das forças especiais também detonaram dois carros-bomba com os quais os combatentes do EI pretendiam atacá-los.

Poucas horas antes, o Exército iraquiano tomou o controle da sede do governo da província de Ninawa, no centro da cidade de Mossul, informou a Efe outra fonte militar, o comandante das Operações Conjuntas, o general Abdelamir Yarala. EFE

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s