Ex-primeiro ministro italiano recebe apoio para novo governo

Matteo Renzi recebeu apoio do ministro do Interior caso decida concorrer nas próximas eleições novamente

Roma – Um importante aliado da coalizão do primeiro ministro italiano, Matteo Renzi, disse que apoiaria um segundo governo de Renzi, caso as eleições sejam estabelecidas em breve.

O ministro do Interior Angelino Alfano se reuniu neste sábado com o presidente Sergio Mattarella, que deve escolher um novo premiê em breve.

Renzi renunciou depois que eleitores rejeitaram suas reformas propostas em um referendo realizado no domingo passado, 4 de dezembro.

Com os mercados financeiros e os parceiros da União Europeia preocupados com as crises enfrentadas por alguns bancos italianos, a expectativa é que Mattarella tome uma decisão até a próxima segunda-feira.

Citando os problemas econômicos da Itália, Alfano diz que um novo governo é necessário rapidamente.

Os democratas, de Renzi, são o maior partido do parlamento italiano. Por isso, espera-se que Mattarella escolha um democrata para tentar formar um governo interino, possivelmente até que uma eleição antecipada possa ser realizada.

Renzi e os ministros da Economia e das Relações Exteriores são considerados fortes competidores. Um novo governo deve ganhar um voto de confiança no Parlamento.

Fonte: Associated Press