Ex-presidente português está em estado ‘muito crítico’

Ex-presidente socialista Mario Soares, de 92 anos de idade, está hospitalizado em cuidados intensivos há 12 dias

O ex-presidente socialista português Mario Soares, de 92 anos de idade, hospitalizado em cuidados intensivos há 12 dias, se encontrava neste domingo em situação “muito crítica”, indicou o porta-voz do hospital da Cruz Vermelha.

Seus médicos constataram “um diminuição do seu estado de consciência, muito significativa e preocupante, que suscita fortes reservas sobre seu prognóstico”, declarou à imprensa o porta-voz José Barata.

Mario Soares foi hospitalizado em 13 de dezembro devido a uma “piora geral da sua saúde”, e foi internado em uma unidade de terapia intensiva.

Segundo parentes, o ex-presidente nunca se recuperou totalmente da encefalite que sofreu em janeiro de 2013, e ficou ainda mais debilitado após a morte de sua esposa, em julho de 2015.

Soares, que contribuiu para a instauração da democracia em 1974 e para a integração europeia de seu país, esteve ativo na política portuguesa por quarenta anos.

Fundador do Partido Socialista português, foi ministro das Relações Exteriores, duas vezes chefe de governo, presidente da República de 1986 a 1996 e deputado europeu.