EUA exige pagamento de US$ 863 mi do BofA por fraude

O Bank of America foi considerado responsável por fraude relacionada a créditos da empresa Countrywide, vendida às financiadoras Fannie Mae e Freddie Mac

O governo dos Estados Unidos exigiu que o Bank of America (BofA) pague US$ 863,6 milhões por danos depois que um júri considerou o banco responsável por fraude dos títulos lastreados em hipotecas da empresa da Countrywide, afirma reportagem da agência Reuters deste sábado.

Em um relatório do Tribunal do Distrito de Manhattan dessa sexta-feira, o governo norte-americano também pediu o pagamento de multas por parte de Rebecca Mairone, uma ex-executiva da Countrywide também considerada responsável pela fraude, “compatível com a sua capacidade financeira”, diz a reportagem.

Ainda segundo a notícia, um porta-voz do banco, Lawrence Grayson, alegou neste sábado que um processo de medidas aos danos decorrentes de um programa da Countrywide durou vários meses e terminou antes do BofA adquirir a empresa.

O Bank of America foi considerado responsável por fraude relacionada a créditos da empresa Countrywide, vendida às financiadoras Fannie Mae e Freddie Mac, em 2007 e 2008. O Bank of America, o segundo maior banco dos EUA em ativos, comprou a empresa britânica em 2008. Fonte: Dow Jones Newswires.