Espanha prende mais 8 supostos militantes islâmicos

Segundo autoridades, suspeitos planejavam realizar ataques no país e estavam recrutando combatentes para enviar para Síria e Iraque

Madri – A polícia da Espanha prendeu, em uma operação ao amanhecer desta sexta-feira, oito supostos militantes islâmicos que planejavam realizar ataques no país e estavam recrutando combatentes para enviar para Síria e Iraque, informou o Ministério do Interior em comunicado.

A polícia continua realizando operação de busca em quatro províncias: Barcelona e Girona, no nordeste da Espanha, e Ciudad Real e Avila, no centro, de acordo com o ministério.

O governo espanhol tem combatido atividades de militantes islâmicos no país desde o ataques ao semanário satírico francês Charlie Hebdo em Paris, em janeiro, no qual homens armados mataram 17 pessoas.

Incluindo as prisões desta semana, a polícia espanhola prendeu 21 pessoas por atividade ligada ao Estado Islâmico neste ano.

O número é quase metade do total de presos do ano passado.