EI usa carros-bomba e morteiro para conter avanço em Raqa

Ação ocorre depois que as Forças Democráticas Sírias (FDS) entraram na Cidade Velha de Raqa esta semana

Forças antiextremistas apoiadas pelos Estados Unidos tentam avançar nesta sexta-feira (7) na cidade síria de Raqa, controlada pelo Estado Islâmico (EI), enquanto o grupo reage com detonação de morteiros e de carros-bomba para conter a ofensiva – informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

As Forças Democráticas Sírias (FDS) entraram na Cidade Velha de Raqa esta semana. Com o apoio dos bombardeios da coalizão liderada por Washington, conseguiram abrir duas brechas na muralha que cerca a parte antiga.

Segundo o OSDH, as FDS e uma unidade de combatentes árabes – a Força de Elite Síria – avançaram pouco na zona histórica.

Em sua contraofensiva, os extremistas do “Estado Islâmico usaram carros-bomba, morteiros e franco-atiradores dentro da Cidade Velha”, afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

A ONG estima que, atualmente, 30% de Raqa tenha sido tomada das mãos do EI.

O porta-voz da Força de Elite Síria, Mohamad Khaled Shaker, disse à AFP que não houve avanços notáveis nesta sexta.

“Há alguns confrontos, mas ainda não chegamos ao centro da cidade”, disse ele à AFP.

O EI tomou Raqa no início de 2014, proclamando-a como capital de seu “califado”. A coalizão liderada pelos Estados Unidos estima em cerca de 2.500 o número de combatentes extremistas ainda nessa cidade.