EI derruba helicóptero do exército sírio em ofensivas

Desde o começo deste mês, o EI intensificou as operações nessa região, onde na semana passada tomou o controle da jazida de gás de Al Shaer

Beirute – O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) lançou nesta terça-feira duas ofensivas no leste da Síria em uma tentativa de recuperar o terreno perdido nos últimos meses na porção leste do país, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os radicais iniciaram um ataque contra a cidade de Maksar al Hosan, no leste da província de Homs, em uma tentativa de ampliar seus domínios no deserto central da Síria, o que desencadeou confrontos entre os jihadistas e os soldados do governo sírio nas imediações dessa cidade.

Desde o começo deste mês, o EI intensificou as operações nessa região, onde na semana passada tomou o controle da jazida de gás de Al Shaer e parcialmente da área de Al Huisis.

Perto desta última área, a organização terrorista derrubou hoje um helicóptero das forças do regime sírio, afirmou a agência de notícias “Amaq”, vinculada aos jihadistas.

Há um ano, os radicais efetuaram uma ofensiva em grande escala no leste de Homs, na fronteira com o território iraquiano, em que conquistaram amplas partes da província, entre elas a cidade monumental de Palmira, de onde foram expulsos pelo exército sírio em 27 de março.

Os extremistas lançaram hoje uma ofensiva também no sul da província de Al Hasaka, onde enfrentam desde o amanhecer as Forças da Síria Democrática (FSD), uma coalizão armada curdo-árabe que recebe apoio dos Estados Unidos.

O Observatório informou que há combates nos arredores da cidade de Kishkish, próxima a Al Shadadi.

As FSD conquistaram Al Shadadi, que era o reduto principal do EI na província de Al Hasaka, apoiadas pela coalizão internacional contra os radicais.