Duterte promete renunciar se provarem que ele escondeu dinheiro

Senador filipino Antonio Trillanes afirmou que o presidente teria escondido grandes somas de dinheiro "negro"

Manila – O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, rejeitou nesta sexta-feira a acusação do senador Antonio Trillanes de que teria escondido grandes somas de dinheiro “negro” e prometeu renunciar ao cargo se o mesmo for capaz de demonstrar o contrário.

“Se Trillanes demonstrar que acumulei ilegalmente 2 bilhões de pesos (US$ 48 milhões) ou se em minha conta houver um só depósito de 500 milhões de pesos (US$ 10 milhões), renunciarei imediatamente”, disse Duterte em um comunicado.

O líder aconselhou Trillanes, um dos políticos mais críticos com sua Administração, “que vá aos tribunais e apresente o caso” e que “deixe de abrir a boca, já que de todos modos não tem nada o que dizer”.

O senador acusou na quinta-feira o chefe de Estado de ter depositado milhões entre 2006 e 2015 em contas não declaradas e exigiu demonstrar em público seu histórico bancário.

Para sustentar sua acusação, Trillanes mostrou documentos com o registro de supostas contas bancárias de propriedade de Duterte de 2006 a 2015, período no qual o presidente filipino foi prefeito de Davao (sul).

Os três filhos adultos do líder e sua atual companheira, Honeylet Avanceña, também aparecem nas contas apresentadas pelo senador.

O chefe de Estado afirmou que os documentos mostrados por Trillanes só provam sua “ignorância” sobre assuntos bancários, e precisou que os ingressos registrados em nome de Avanceña são completamente legais e provêm de sua atividade como empresária.

Em sua campanha como candidato à vice-presidência nas eleições de maio, Trillanes já havia denunciado que Duterte tinha acumulado grandes somas sem declarar e de duvidosa procedência.

“Isto é realmente um assunto antigo e obsoleto. Já respondi a esta acusação antes de ser nomeado presidente”, lamentou hoje Duterte, que já rejeitou qualquer atividade ilícita quando era candidato, mas sem publicar suas contas.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Geroldo Zanon

    Mas o LULA DILMA roubaram ma não renunciaram foram obrigado dar um chute na banda da DILMA