Dubai investiga incêndio em hotel de luxo em pleno reveillon

O incêndio provocou pânico, mas não deixou feridos graves

A fumaça continuava a emanar nesta sexta-feira de um hotel de luxo de Dubai, onde um grande incêndio foi deflagrado pouco antes das comemorações do Ano Novo por razões ainda não determinadas.

Segundo as autoridades de Dubai, o incêndio começou no 20º andar do hotel de luxo Address Downtown por volta das 21H30 locais, enquanto uma multidão se reunia para comemorar a passagem de ano.

O incêndio provocou pânico nos arredores do arranha-céu, mas não deixou feridos graves.

O fogo ainda não foi completamente controlado, e uma espessa fumaça preta continuava a emanar do hotel, segundo um fotógrafo da AFP.

As ruas de acesso ao edifício continuavam fechadas e curiosos paravam para fotografar.

Pelo menos 16 pessoas ficaram feridas no incidente – 14 levemente, segundo a assessoria do governo do emirado, acrescentando que uma delas teve uma crise cardíaca.

Uma autoridade dos serviços de segurança, o general Dahi Khalfane, postou no Twitter uma foto mostrando um pequeno foco de incêndio na parte inferior da torre. “Este é o lugar onde as investigações começam”, disse ele, sem dar mais detalhes.

O The Address Downtown, inaugurado em 2008 e propriedade do gigante imobiliário Emaar, é a 18ª torre mais alta de Dubai e a 93ª no mundo.

Está localizado perto do Burj Khalifa, a torre mais alta do mundo, em torno da qual as comemorações do Ano Novo ocorreram sem problemas durante a noite. Dezenas de fogos de artifício iluminaram o céu de Dubai.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, várias pessoas aparecem apavoradas em um shopping, o Dubai Mall, próximo ao hotel. Uma mulher grita: “não corram, não entrem em pânico!”.

Muitas pessoas elogiaram no Twitter a velocidade dos serviços de socorro e dos bombeiros.

Um fotojornalista que estava no 48º andar para fotografar a queima de fogos de artifício relatou à AFP que permaneceu suspenso no ar por meia hora para escapar do fogo.

Temendo morrer intoxicado pela fumaça, este fotógrafo, que pediu para permanecer anônimo, percebeu que sua “única opção” era se agarrar ao balcão da varanda e esperar o resgate.

Os hóspedes do hotel foram realocados pelas autoridades, segundo a prefeitura.

Mas nas redes sociais, alguns residentes locais ofereceram suas casas aos turistas. “Se você está em Dubai e foi afetado pelo incêndio e precisa de um lugar para ficar esta noite, use a hashtag #needanaddress”.

“Nós temos sofás, sacos de dormir e uma quantidade infinita de amor. E Nutella também. Você não está sozinho”, escreveu no Twitter Faizan Jamal, um morador de Dubai.

“O #NeedanAddress é uma coisa maravilhosa. Bravo, Dubai”, elogiou Omar Adam.

Em fevereiro de 2015, um grande incêndio destruiu um dos arranha-céus mais altos da cidade, “The Torch”, forçando centenas de moradores a evacuar seus apartamentos. Não houve vítimas.