Duas vítimas do atentado em Istambul viviam na Alemanha

Outros três cidadãos alemães que ficaram feridos estão recebendo tratamento médico

Berlim – O governo da Alemanha confirmou nesta segunda-feira que dois cidadãos com residência no país, pelo menos um deles de nacionalidade alemã e turca, estão entre as vítimas mortais do atentado cometido na noite de Ano Novo em uma boate em Istambul.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Martin Schäfer, detalhou que ambas as vítimas residiam no estado federado da Baviera, no sul da Alemanha, e uma delas possuía as nacionalidades alemã e turca, enquanto a outra só tinha a turca.

Segundo o tabloide “Bild”, os dois corpos já foram entregues a suas famílias e serão enterrados hoje na cidade turca de Sivas.

Por outro lado, outros três cidadãos alemães que ficaram feridos estão recebendo tratamento médico e seu estado não reveste perigo, detalhou Schäfer em entrevista coletiva.