Donald Trump dá resposta atravessada para Meryl Streep

Como de costume, Trump usou o seu perfil oficial no Twitter para o contra-ataque

São Paulo – A atriz americana Meryl Streep aproveitou o palco do Golden Globes, neste domingo (8), quando foi premiada pelo conjunto de sua obra, para criticar o presidente eleito Donald Trump.

Apoiadora da campanha de Hillary Clinton, Streep disse que se sentiu chocada quando, em 2015, o então pré-candidato à presidência dos EUA achou que seria uma boa ideia fazer “piada” sobre um repórter do New York Times que tem uma doença congênita.

“Foi nesse momento que a pessoa que pediu para ocupar o lugar mais respeitado em nosso país imitou um repórter incapacitado. Alguém que ele superou em privilégio, poder e capacidade de lutar. Isso partiu meu coração quando eu vi e eu ainda não consigo tirar isso da minha cabeça porque não estava em um filme, era a vida real”, lamentou a atriz.

“Este instinto de humilhar, quando é modelado por alguém na plataforma pública, por alguém poderoso, infiltra na vida de todos, porque dá permissão para que outras pessoas façam a mesma coisa”, acrescentou ela, ressaltando em seguida que “desrespeito convida desrespeito, violência convida violência. Quando os poderosos usam sua posição para intimidar todos nós perdemos.”

Resposta atravessada

Na manhã desta segunda-feira, Trump respondeu ao discurso de Streep descrevendo-a como “uma das atrizes mais sobrevalorizadas de Hollywood” e “uma aficionada por Hillary”. Em entrevista ao The New York Times, Trump disse ainda que não estava surpreso por ter sido atacado por “pessoas do cinema liberal”.

“Não estava gozando com ninguém. Apenas questionei um repórter que a certa altura mudou a sua história e ficou nervoso. As pessoas continuam dizendo que eu estava gozando com a sua deficiência, como se Meryl Streep e outros conseguissem ler a minha mente, mas não fiz nada disso”, afirmou.

Como de costume, ele também usou o seu perfil oficial no Twitter para se posicionar:

“Meryl Streep, uma das atrizes mais sobrevalorizadas em Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem à noite no Globo de Ouro. Ela é uma…

‘Aficionada’ por Hillary que perdeu grande. Pela centésima vez, eu nunca ‘zombei’ de um repórter incapacitado (nunca faria isso), mas simplesmente mostrei ele…

‘nervoso’ quando ele mudou totalmente uma história de 16 anos atrás que ele tinha escrito, a fim de fazer-me ficar mal. Apenas  meios de comunicação muito desonestos!”.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Américo Vespúcio Ribeiro de Oliveira

    Trump venha ao Brasil para colocar nossa mídia no seu lugar.

  2. Américo Vespúcio Ribeiro de Oliveira

    Trump venha ao Brasil para colocar nossa mídia no seu lugar.

  3. Américo Vespúcio Ribeiro de Oliveira

    Trump venha ao Brasil para colocar nossa mídia no seu lugar.

  4. Reinaldo Favoreto Júnior

    elegeram um orangotango raivoso pra presidente, que coisa hein