Dois presos não dirigiram van do ataque em Barcelona, diz polícia

O motorista da van que atropelou pessoas na avenida Las Ramblas abandonou o veículo a pé e não parecia estar armado, disse uma autoridade policial

Madri – Dois homens presos após um ataque com uma van em Barcelona que matou 13 pessoas nesta quinta-feira estão ligados ao incidente, mas nenhum deles era o motorista do veículo, disse a polícia.

A polícia confirmou que outro homem que atropelou policiais em um posto de controle em Barcelona foi morto a tiros, mas acrescentou que não parece que este incidente esteja conectado com o ataque.

O motorista da van que atropelou pessoas na movimentada avenida Las Ramblas abandonou o veículo a pé e não parecia estar armado, disse uma autoridade policial catalã em entrevista coletiva.

De acordo com a polícia, um dos dois homens presos é marroquino e o outro é do enclave espanhol de Melilla, no norte da África. Eles foram presos em duas cidades diferentes da Catalunha, Ripoll e Alcanar.

Separadamente, a polícia disse que o ataque com a van parece estar ligado a uma explosão em uma casa em Alcanar nas primeiras horas da quinta-feira, na qual uma pessoa morreu e outra ficou ferida.