Dilma ouvirá Lula sobre o futuro de Palocci, diz jornal

Presidente e antecessor se reunirão neste fim de semana para avaliar se ministro continua ou deixa o cargo

São Paulo – Antes de decidir o futuro do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, a presidente Dilma Rousseff vai ouvir a opinião de seu antecessor Lula e de outros aliados, informa reportagem do jornal Folha de S. Paulo. O ex-presidente chegou ao Brasil na sexta-feira depois de uma viagem à Cuba e à Venezuela. Lula e Dilma devem conversar ainda neste final de semana para avaliar se é melhor que Palocci continue ou deixe o cargo.

A avaliação de parlamentares é de que a entrevista do ministro ao Jornal Nacional, da TV Globo, na sexta-feira, aconteceu tarde demais para minimizar os impactos da crise política que se instaurou depois que foi revelado o aumento de 20 vezes no patrimônio de Palocci.

Para piorar, o ministro evitou dar detalhes sobre o trabalho de sua empresa, a Projetos. Limitou-se apenas a dizer que sempre pagou todos os impostos e que nunca agiu ilegalmente. Dilma ficou contente com a declaração de Palocci ao dizer que não havia informado a presidente sobre detalhes de sua empresa.

A situação piorou com denúncia da revista VEJA desta semana sobre o apartamento do ministro estar alugado em nome de laranjas. O imóvel, avaliado em 4 milhões de reais, está localizado em Moema, bairro nobre da capital paulista. Agora, Palocci terá de dar mais explicações — e convincentes — se quiser se manter no cargo. Já circulam nomes para substituí-lo, como a diretora da Petrobras Maria das Graças Foster, ministro Paulo Bernardo (Comunicações) e o ministro Alexandre Padilha (Saúde).