Dilma: novo ministro da Agricultura tem histórico político consistente

A presidente também afirmou que Mendes Ribeiro Filho deve dar continuidade ao trabalho feito pelo ex-ministro Wagner Rossi

Brasília – A presidente Dilma Rousseff disse hoje (19) que o novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, tem um histórico político consistente e vem de um estado com larga tradição agrícola, o Rio Grande do Sul.

À frente da pasta, Mendes Ribeiro deve dar continuidade ao trabalho feito pelo ex-ministro Wagner Rossi cujo trabalho foi novamente elogiado pela presidenta.

“Mendes Ribeiro é uma pessoa com retrospecto político muito consistente, vem de um estado que tem uma larga tradição agrícola, é um homem correto, trabalhador e espero que ele dê continuidade ao que vinha sendo feito pelo Wagner Rossi que, no caso da área de responsabilidade dele, foi muito efetivo”, disse em entrevista à Rádio Metrópole AM de São José do Rio Preto (SP), cidade onde está para entrega de unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida.

Mendes Ribeiro irá se reunir na tarde de hoje com a presidente Dilma Rousseff. Este será o primeiro encontro dos depois do convite para que ele assumisse a pasta. A posse de Mendes Ribeiro no cargo deve ocorrer na próxima segunda-feira (22).

O anúncio do novo ministro da Agricultura foi feito ontem (18). Deputado pelo PMDB do Rio Grande do Sul, ele estava em seu quinto mandato e, antes de ser indicado para o ministério, era líder do governo no Congresso Nacional.

A substituição ocorre após a publicação, pela imprensa, de uma série de denúncias sobre irregularidades na pasta envolvendo o nome do ex-ministro Wagner Rossi. Na carta de demissão entregue à presidenta Dilma, ele nega qualquer envolvimento.