Destroços do MH370 podem ter sido encontrados em Moçambique

Segundo uma autoridade sul-africana de aviação, os destroços serão enviados à Austrália para averiguação

Johanesburgo – Um cidadão sul-africano afirmou hoje que seu filho pode ter encontrado destroços do Boeing 777 da Malaysia Airlines, que desapareceu do mapa há dois anos após voar de Kuala Lumpur a Pequim.

Segundo Cásper Lotter, um primeiro pedaço que pode pertencer à aeronave do voo 370 foi encontrado por seu filho em uma praia de Moçambique no dia 30 de dezembro.

A peça continha uma identificação de cinco dígitos.

Lotter afirmou ter contactado as autoridades australianas de aviação na semana passada, após ter encontrado outra peça também na costa moçambicana.

Segundo a autoridade sul-africana de aviação, os destroços serão enviados à Austrália para averiguação.