Democrata pede remoção de estátuas de confederados no Capitólio

Nancy Pelosi, líder da minoria na Câmara dos Representantes, declarou que "não há espaço para celebrar o violento fanatismo de homens da Confederação"

Washington – A líder da minoria na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, pediu hoje para que o presidente da Casa, Paul Ryan, retire as estátuas de confederados do prédio do Congresso.

Cada estado pode exibir duas estátuas para homenagear cidadãos célebres. Entre as pessoas homenageadas estão cerca de 12 soldados e políticos confederados, incluindo o general Robert E. Lee, que foi homenageado pelo estado da Virgínia.

“Não há espaço para celebrar o violento fanatismo de homens da Confederação nos salões sagrados do Capitólio dos EUA ou em lugares de honra no país”, disse Pelosi.

Questionado sobre se Ryan atenderia ao pedido de Pelosi, o porta-voz Doug Andres, disse que a decisão cabia aos estados. Pelosi contestou a regra e disse que o Congresso deveria exercer sua autoridade e remover as estátuas.

Fonte: Associated Press.