Corinthians promete plantar cem árvores por gol

São Paulo – O Corinthians está ficando esverdeado – mas a nação alvinegra não precisa se preocupar: o verde, cor do arquirival Palmeiras, entrou no Parque São Jorge por uma boa causa.

Na semana passado, o time lançou o projeto “Jogando pelo meio ambiente”, que promete plantar 100 árvores por gol feito.

A iniciativa é uma parceria do clube com o banco Cruzeiro do Sul, que irá ceder as mudas para o governo estadual de São Paulo.

“O governo ainda estuda as áreas que irão receber o plantio, só estamos esperando uma confirmação”, explica Luiz Flávio Guimarães, sócio da agência Nova Estratégia, que elaborou o projeto para o clube.

Além de 100 árvores por gol, o time promete outra centena por partida disputada. A doação, uma comemoração ao centenário do Corinthians, também envolve conscientização da torcida sobre responsabilidade socioambiental.

As ações promocionais em estádios, que tiveram início no dia 28, na partida disputada contra o São Paulo, se limitam à distribuição de informativos, porém a ideia é estendê-las às torcidas organizadas. “Pretendemos entrar em contato com elas e fazer um trabalho de educação ambiental. No futuro, estudamos até projetos de incentivar a carona e as caravanas como forma de diminuir a emissão de poluentes na ida ao estádio”, diz Guimarães.

Além das mudas relativas à contagem de gols e jogos, o banco Cruzeiro do Sul também irá doar plantas o suficiente para neutralizar as emissões de carbono do time relacionadas aos gastos com energia nos estádios e deslocamento até os jogos. “A energia consumida nos jogos do Corinthians e as emissões do transporte do time principal, seja de avião, de ônibus, está sendo calculado em um inventário”, diz Guimarães.

Essa carboneutralização das emissões de CO2 no ano de 2010 é feita pelo Instituto Ecoar e obedece a uma conta simples: a de que cada arvore seqüestra, em média, 180 kg de CO2 em 30 anos. Entre as cem espécies selecionadas de plantas nativas da mata Atlântica estão jatobá, cedro, ipê roxo, ipê amarelo e peroba.

As mudas relativas às 21 partidas e 32 gols marcados pelo Corinthians até agora serão somadas às dos próximos jogos para serem plantadas em etapas – a primeira deve ser em maio e a segunda em setembro. Pelas contas, o clube já tem hoje 5300 árvores para plantar.

Leia mais sobre reflorestamento.