Coreias abordam em Bali o programa nuclear de Pyongyang

Representantes dos dois países discutem na ilha indonésia a desnuclearização do regime socialista

Nusa Dua – Representantes das duas Coreias se reuniram nesta sexta-feira em um encontro informal na ilha indonésia de Bali para tratar da desnuclearização do regime de Pyongyang.

As conversas foram presididas pelo máximo negociador da Coreia do Sul, Wi Sung-lac, e pelo vice-ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, segundo fontes da delegação americana no foro de segurança da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean).

Por enquanto, não foram divulgadas informações sobre o conteúdo da reunião, realizada em meio a chamadas internacionais para que sejam retomadas as negociações de seis lados (além das duas Coreias, EUA, Rússia, China e Japão).

Também estão em Bali os ministros das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Pak Ui Chun, e da Coreia do Sul, Kim Sung-hwan, para participar neste sábado do foro de segurança da Asean junto com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e representantes de quase 20 países.

O regime norte-coreano se retirou das negociações de seis lados em 2008, após ser criticado por testes com mísseis de longo alcance, mas recentemente se mostrou aberto ao seu reinício.

Estados Unidos e Japão, porém, consideram necessário um diálogo prévio entre as duas Coreias antes de voltarem à mesa de negociações multilaterais.

O programa nuclear norte-coreano foi uma das matérias dominantes nas reuniões multilaterais da Asean, que começaram na terça-feira.

A Asean, fundada em 1967, é composta por Mianmar, Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Cingapura, Tailândia e Vietnã.