Cinzas de Fidel Castro chegam a Santiago de Cuba

Restos mortais do líder cubano serão enterrados no domingo no cemitério de Santa Ifigênia, ao fim do período de nove dias de luto

São Paulo – As cinzas de Fidel Castro chegaram neste sábado à cidade de Santiago, no leste de Cuba, após terem saído de Havana e percorrido mais de 800 quilômetros pela ilha em quatro dias. Os restos mortais do líder cubano serão enterrados no domingo no cemitério de Santa Ifigênia, ao fim do período de nove dias de luto pelo homem que governou o país por quase cinquenta anos. O ex-presidente morreu no dia 25 de novembro, aos 90 anos.

Sob sol intenso, milhares de moradores de Santiago se reuniram no centro da cidade para ver de perto a passagem da procissão e o pequeno recipiente de cedro com as cinzas do ex-presidente coberto com a bandeira cubana.

As cinzas de Fidel serão levadas até a Praça da Revolução, onde o líder receberá as últimas homenagens em cerimônia conduzida por seu irmão, o presidente Raúl Castro. No cemitério de Santa Ifigênia está enterrado também o herói nacional José Martí.

O luto por Fidel atingiu níveis de adoração quase religiosa desde sua morte, principalmente nas áreas rurais do leste do país. Multidões foram até a beira das estradas e gritaram seu nome para saudar a procissão que levava suas cinzas.