Choque entre destroier dos EUA e cargueiro deixa feridos

A colisão ocorreu 56 milhas náuticas (104 quilômetros) ao sudoeste da cidade japonesa de Yokosuka, segundo detalhou a Marinha norte-americana

Washington/Tóquio – A Marinha dos Estados Unidos informou nesta sexta-feira que um de seus contratorpedeiros colidiu no meio da noite com um navio mercante com bandeira das Filipinas a sudoeste de Yokosuka, e a guarda costeira do Japão informou que sete tripulantes norte-americanos estavam desaparecidos.

Em comunicado, a Marinha informou que o USS Fitzgerald colidiu um com navio mercante por volta das 2h30, no horário local, a cerca de 56 milhas náuticas a sudoeste de Yokosuka, em um raro incidente em águas com tráfego intenso.

Uma autoridade norte-americana disse à Reuters que o Fitzgerald ainda estava fazendo a contagem de todo o pessoal e não podia confirmar se havia desaparecidos.

A Marinha dos EUA informou que um marinheiro ferido seria retirado por um helicóptero da guarda costeira japonesa.

Informou ainda que o destróier sofreu algumas inundações e que a extensão completa dos danos ao navio estavam sendo determinados.

O Fitzgerald estava operando com potência própria, “embora a propulsão seja limitada”.

“O USS Fitzgerald sofreu danos em seu lado estibordo acima e abaixo da linha da água”, informou a Marinha em comunicado.

Situada na entrada da baía de Tóquio, Yokosuka e as águas ao sul da cidade são uma via navegável repleta de navios comerciais viajando entre os dois maiores portos do Japão, em Tóquio e Yokohama.