Chancelaria turca diz que 12 mil já foram retirados de Aleppo

Dezenas de ônibus com milhares de pessoas saídas da minúscula zona rebelde de Aleppo chegaram a áreas insurgentes do interior a oeste da cidade

Istambul – Um total de 12 mil civis foram retirados do leste da cidade síria de Aleppo até o momento, entre elas 4.500 pessoas desde a meia-noite, disse o Ministério das Relações Exteriores da Turquia nesta segunda-feira.

“Incluindo 4.500 pessoas do leste de Aleppo desde a meia-noite, no total 12 mil civis foram evacuados até agora para a área sob controle da oposição”, disse o chanceler turco, Mevlut Cavusoglu, no Twitter.

Dezenas de ônibus com milhares de pessoas saídas da minúscula zona rebelde de Aleppo chegaram a áreas insurgentes do interior a oeste da cidade, de acordo com um funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU) e com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, um grupo de monitoramento.

As retiradas são resultado de negociações intensas entre a Rússia –principal aliada do presidente sírio, Bashar al-Assad– e a Turquia, que apoia alguns grandes grupos rebeldes.