Casa Branca ‘não é séria’ quanto a cortes, diz Boehner

A informação é de assessores do Partido Republicano, ao qual Boehner pertence

São Paulo – O presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, deputado John Boehner, desistiu de buscar um acordo com a Casa Branca para uma redução grande nos déficits do governo do país e comunicou essa decisão ao presidente Barack Obama. A informação é de assessores do Partido Republicano, ao qual Boehner pertence.

“Decidi encerrar as discussões com a Casa Branca e começar conversações com o Senado, de modo a encontrar um caminho para a frente”, diz Boehner em carta a seus colegas no Congresso. “Ficou evidente que a Casa Branca simplesmente não é séria quanto a cortar gastos”, diz a carta.

Assessores do Partido Republicano informaram que negociadores da Câmara, dominada pelos republicanos, e do Senado, onde o Partido Democrata tem maioria, vão se reunir no fim de semana para tentar definir que tipo de acordo eles poderiam fazer para elevar o limite legal de endividamento do governo dos EUA até 2 de agosto, de modo a evitar um default. As informações são da Dow Jones.