Campanha contra corrupção já puniu mais de 84 mil na China

Campanha anticorrupção que o governo chinês empreendeu já puniu mais de 84 mil altos cargos do regime comunista

Pequim – A campanha anticorrupção que o governo da China empreendeu desde a chegada de Xi Jinping à presidência já puniu mais de 84 mil altos cargos do regime comunista na primeira metade deste ano, destacou o ministro de Supervisão, Huang Shuxian, citado pela agência “Xinhua”.

Segundo a agência oficial, o número é 30% maior do que no mesmo período do ano passado.

Em todo o ano de 2013, o número de funcionários punidos foi de 182 mil, 9.600 deles transferidos para as autoridades judiciais pela gravidade.

O ministro também destacou a importância da colaboração da população na campanha anti-fraude, já que no ano passado as autoridades de disciplina receberam quase dois milhões de denúncias de suspeitas de corrupção, e dezenas de milhares delas se tornaram investigações oficiais.

Importantes ex-cargos do regime foram punidos, como o antigo ministro de Ferrovias Liu Zhijun e o ex-secretário do Partido Comunista na metrópole de Chongqing Bo Xilai, que ano passado foram condenados à prisão perpétua por corrupção.

O “expurgo” anticorrupção continuou com a queda de destacadas personalidades como o ex-ministro de Segurança Pública Zhou Yongkang, o antigo “número dois” das Forças Armadas chinesas, Xu Caihou, que atualmente aguardam julgamento.