Bruno Le Roux é nomeado ministro do Interior da França

O anúncio foi feito menos de duas horas depois que Hollande colocou Cazeneuve à frente do governo

Paris – Bruno Le Roux, que até agora era o chefe dos deputados socialistas, se transformou nesta terça-feira em ministro do Interior do novo governo francês na remodelação governamental anunciada pelo presidente, François Hollande, após substituir Manuel Valls por Bernard Cazeneuve como primeiro-ministro.

O Eliseu apresentou em comunicado a composição do novo Executivo, que inclui outras duas novidades: a designação de André Vallini como secretário de Estado de Relações com o parlamento, e de Jean-Marie Le Guen como secretário de Estado do Desenvolvimento Internacional, dentro do Ministério das Relações Exteriores.

Este anúncio foi feito menos de duas horas depois que Hollande colocou à frente do governo Cazeneuve, que ficará no cargo até as eleições presidenciais da próxima primavera, e que deixa a pasta do Interior que ocupava desde abril de 2014.

Le Roux, de 51 anos, foi desde 1997 deputado por uma circunscrição do departamento de Seine-Saint-Denis e exercia a função de presidente do grupo socialista na Assembleia Nacional, como link portanto entre o partido e o Executivo.

Foi porta-voz de Hollande durante a campanha eleitoral que levou ao Eliseu em 2012 e em seu mandato parlamentar teve um papel ativo em questões de segurança.

Antes de ser deputado, sua carreira política tinha se desenvolvido sobretudo no âmbito municipal, e assim foi prefeito da cidade de Epinay sul Seine entre 1995 e 2001.

Amanhã será realizado o primeiro Conselho de Ministros deste governo remodelado pela renúncia de Valls para focar em sua campanha, após anunciar ontem que será candidato às primárias socialistas de janeiro para designar quem os representará nas presidenciais de abril-maio de 2017.