Brasil, EUA e Bolívia firmam convênio para erradicar coca

Brasil e Bolívia também desenvolvem um projeto de controle do tráfico de drogas a partir da vigilância de aviões sem piloto brasileiros

La Paz – Os governos de Brasil, Estados Unidos e Bolívia assinarão nos próximos dias um convênio para monitorar a erradicação dos cultivos de coca em território boliviano, informou nesta terça-feira, em La Paz, uma fonte oficial.

“Na próxima semana, ou na pior das hipóteses até 16 de julho, vamos firmar um convênio que será benéfico para o governo” da Bolívia, disse o vice-ministro da Defesa Social, Felipe Cáceres, principal responsável político pelo combate às drogas.

Cáceres explicou que trata-se de “um projeto piloto para verificar a erradicação do cultivos excedentes”, que inclui “equipar e modernizar” as instituições do Estado que combatem o narcotráfico.

A iniciativa permitirá contar com informação “em tempo real sobre os hectares de coca erradicados”.

Brasil e Bolívia também desenvolvem um projeto de controle do tráfico de drogas a partir da vigilância de aviões sem piloto brasileiros.

A Bolívia tem atualmente 30.900 hectares de plantios de coca, sendo 12 mil hectares autorizados para chá, mastigação e rituais religiosos.