Pacquiao é praticamente eleito senador nas Filipinas

O atleta de 37 anos, que se aposentou dos ringues em abril depois de vencer o americano Tim Bradley, está prestes a entrar no Senado

O boxeador filipino Manny Pacquiao, oito vezes campeão do mundo, está praticamente eleito como senador, após a apuração de mais de 90% das urnas.

O atleta de 37 anos, que se aposentou dos ringues em abril depois de vencer o americano Tim Bradley, está prestes a entrar no Senado, após as eleições de segunda-feira, um passo que pode ajudá-lo a realizar o sonho de um dia virar o presidente do país.

Com 91% das urnas apuradas, Pacquiao tem 14,94 milhões de votos, muito mais que o necessário para entrar no Senado. Ele ficou em oitavo entre os 50 candidatos que lutavam pelas 12 cadeiras do Senado em disputa.

De origem muito pobre, Manny Pacquiao não terminou o colégio e se tornou um dos atletas mais bem pagos do mundo. Ele é considerado um herói nacional nas Filipinas.