BID reelege Luis Alberto Moreno presidente

Washington – Os países-membros do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) optaram hoje, por aclamação, por manter o colombiano Luis Alberto Moreno durante mais cinco como presidente do organismo.

Em discurso de agradecimento, o ex-ministro colombiano reiterou que esta será a década da América Latina e do Caribe.

Desde que chegou ao BID, em 2005, Moreno dirigiu a maior ampliação de capital do organismo, no valor de US$ 70 bilhões, impulsionando o projeto de reconstrução do Haiti e o alívio de dívida aos países mais pobres.

O pior ano de sua gestão foi 2009, quando veio à tona que o BID registrou prejuízo de US$ 1,9 bilhão entre julho de 2007 e dezembro de 2008, devido a investimentos em ativos de alto risco.

Moreno tem fama também de bom negociador e de se movimentar bem entre os poderosos de Washington. “É um negociador muito hábil”, disse hoje à Agência Efe um alto executivo do BID.