Bélgica identifica 24 mortos em atentado; internadas são 101

Ao todo, morreram 31 pessoas e outras 300 ficaram feridas, segundo o último balanço divulgado

Bruxelas — Os legistas belgas identificaram até o momento os corpos de 24 vítimas do duplo atentado da última terça-feira em Bruxelas, enquanto outras 101 pessoas seguem hospitalizadas, informaram neste sábado as autoridades do país.

Nos ataques contra o aeroporto internacional de Zaventem e a estação de metrô de Maelbeek, a poucos metros das sedes dos principais órgãos da União Europeia, morreram 31 pessoas e outras 300 ficaram feridas, segundo o último balanço divulgado.

Por enquanto, 24 vítimas fatais foram formalmente identificadas, de acordo com a porta-voz da Procuradoria de Bruxelas, Ine van Wymersch. Entre os feridos, 101 ainda estão em hospitais, sendo 23 em unidades de tratamento intensivo.

Das vítimas hospitalizadas, 32 sofreram queimaduras graves e estão internadas em quartos especiais, de acordo com a porta-voz do Ministério de Saúde Pública da Bélgica.