Bartra deixa hospital 4 dias após atentado a ônibus do Dortmund

O clube confirmou no Twitter que o jogador, de 26 anos, teve alta e que foram reforçadas medidas de segurança visando a partida de hoje

Berlim – O zagueiro espanhol Marc Bartra, único jogador do Borussia Dortmund ferido no ataque com explosivos ao ônibus da equipe, deixou neste sábado o hospital onde foi operado na terça-feira, dia do atentado.

O clube confirmou no Twitter que o jogador, de 26 anos, teve alta e que foram reforçadas medidas de segurança visando a partida de hoje contra o Eintracht Frankfurt pelo Campeonato Alemão.

Ontem Bartra postou no Instagram uma foto ainda na cama do hospital, e um texto em que descrevia sua sensação durante o ataque, em que disse ter vivido “os 15 minutos mais longos e difíceis” de sua vida.

“A dor, o pânico e a incerteza de não saber o que estava acontecendo, nem quanto tempo duraria…”, escreveu.

As autoridades alemãs continuam investigando o ataque, sem descartar nenhuma hipótese sobre a autoria.

Segundo o jornal “Die Welt”, peritos avaliam se os explosivos procediam de algum depósito do exército alemão.