Banco da França afirma que economia do país estagnará no 4º trimestre

A entidade havia previsto uma progressão do PIB de apenas 0,1% no terceiro trimestre

Paris – A economia francesa vai sofrer uma estagnação no quarto trimestre de 2011, segundo uma estimativa do Banco da França, que nesta quarta-feira constatou uma deterioração nos indicadores mensais da indústria e do setor de serviços.

A entidade havia previsto uma progressão do PIB de apenas 0,1% no terceiro trimestre, um número que deve ser referendado ou corrigido pelo Instituto Nacional de Estatística (INSEE) na próxima semana.

No segundo trimestre, a economia francesa já tinha vivido uma situação de estagnação, o que levou o INSEE a diminuir sua previsão para o conjunto de 2011 de 2,1% para 1,7%.

O governo espera um aumento do PIB de 1,75 % para este ano, mas diminuiu suas expectativas para 2012 para 1%, frente ao 1,75% que tinha calculado em setembro quando apresentou o projeto de lei de orçamentos.

Essa correção levou o Executivo a apresentar na segunda-feira um novo plano de ajuste que pretende economizar 100 bilhões de euros nos próximos cinco anos.

De acordo com o relatório de hoje do Banco da França, o indicador sintético sobre a produção na indústria perdeu um ponto em outubro e ficou em 96 pontos, abaixo do nível 100 que marca a média de longo prazo.

Nos serviços também houve uma queda de um ponto no indicador sobre a atividade até 95 pontos.