Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Ban Ki-moon deixa no ar possível candidatura à presidência

Ban disse que 1º descansará um pouco, depois voltará ao país natal e se reunirá com líderes políticos, sociais e amigos para estudar opções para o futuro

Nações Unidas – O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, deixou no ar nesta sexta-feira a possibilidade de se candidatar à presidência da Coreia do Sul após concluir o mandato nas Nações Unidas neste final de ano.

Ban disse que primeiro descansará um pouco, depois voltará ao país natal e se reunirá com líderes políticos, sociais e amigos para estudar opções para o futuro.

“Considerarei seriamente o que posso e devo fazer pelo meu país”, explicou o diplomata em entrevista coletiva ao fazer um balanço de seus dez anos à frente da ONU.

Ban lembrou que ainda tem 15 dias como secretário-geral e não quis antecipar seus planos a partir do dia 1º de janeiro, apenas disse que terá um período de descanso.

“Durante os últimos dez anos não pude tirar verdadeiras férias”, disse o secretário-geral, que admitiu que seu trabalho foi “bastante duro”.

O nome de Ban soa há meses na Coreia do Sul como possível candidato à presidência do país, que atualmente vive uma grande crise política após o Parlamento do país votar a favor do impeachment da presidente Park Geun-hye por um escândalo de tráfico de influência.

Ban, que foi ministro das Relações Exteriores entre 2004 e 2006, reconheceu nesta sexta-feira que a situação em seu país é “muito difícil”, mas se mostrou confiante que os coreanos superarão os atuais problemas.