Ban entrega plano de remoção de armas na Síria ao Conselho

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apresentou ao Conselho de Segurança o plano para a remoção das armas químicas na Síria

Nova York – O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apresentou hoje, dia 4, ao Conselho de Segurança (CS) o plano para a remoção das armas químicas na Síria, que será discutido pelos 15 países que integram o órgão.

O plano, do qual a ANSA obteve uma cópia, diz que os detalhes sobre os locais onde as armas serão destruídas serão fornecidos “o mais rápido possível”.

O documento ainda afirma que os armamentos devem ser dispostos para o transporte marítimo para garantir níveis mais elevados de segurança. “A missão está trabalhando para estabelecer uma base operativa no porto de Latakia para controlar o material”, disse Ban.

Apesar da colaboração das autoridades da Síria com a ONU e a Organização para a Destruição das Armas Químicas (Opaq), Ban reiterou sua preocupação com a situação de segurança no país e a segurança do pessoal destacado para a missão.

Desta forma, para a preparação da ação, representantes da missão conjunta organizaram um curso de treinamento de pessoal em Beirute, no Líbano.