Balões vão produzir energia elétrica em NY

Designers desenvolvem balões que, muito além de enfeitar e animar os ambientes, produzem eletricidade com a ajuda do sol

São Paulo – Em breve, o céu de Nova York pode ficar lotado de balões vermelhos e não se trata de uma festa para a qual você não foi convidado. É o projeto 99 Red Ballons*, que propõe espalhar bexigas por aí para produzir energia elétrica – aquela que faz seu videogame funcionar, esquenta a água do chuveiro e conserva as comidas na geladeira.

Embora tenham o mesmo formato dos balões usados em festas de aniversário, as bexigas do 99 Red Ballons, claro, são diferentes. Desenvolvidas por canadenses do Nadi Design Studio, elas são feitas com células solares orgânicas, que são capazes de transformar a energia do sol em eletricidade. Não é legal?

A ideia é espalhar os 99 balões pelo céu de Nova York, a dezenas de metros de altura, presos por cabos de aço, para que eles produzam energia elétrica para a população.

Quando a bexiga estiver carregada de energia solar, ela fica transparente, indicando que é hora de “coletá-la”. De acordo com os inventores, juntos os balões são capazes de produzir eletricidade para cerca de 4,5 mil casas. Já imaginou?

A princípio, os designers desenvolveram o projeto para que as bexigas sejam instaladas acima do antigo Aterro Sanitário Fresh Kills, desativado em 2001 por já estar lotado.

Isso por que eles querem preservar a história do local – considerado o maior espaço já construído no mundo para dar destinação correta ao lixo produzido pela população – e, de quebra, fazer as pessoas refletirem a respeito da montanha (desnecessária) de resíduos que geram diariamente.

Mas, se a “energia de balão” realmente funcionar, ela pode ser replicada em muitos outros lugares ao redor do mundo. Já pensou se a moda pega no Brasil?