Aviação francesa destruiu pelo menos 5 aviões líbios e 2 helicópteros

Aviação francesa realizou diversas operações de ataque nas regiões de Zintan e Misrata

Paris – As forças aéreas francesas destruíram pelo menos cinco aviões de combate Galeb do líder líbio, Muammar Kadafi, e dois helicópteros de combate MIM-35 “que tentavam” entrar em ação na zona de Misrata, informou neste sábado o Ministério da Defesa francês.

Trata-se das primeiras conclusões das missões de ataque efetuadas nas últimas 24 horas pela aviação francesa, que realizou diversas operações de ataque nas regiões de Zintan e Misrata, precisou a Defesa em comunicado.

As operações de ataque prosseguiram na noite anterior a cargo do grupo aeronaval embarcado, composto por uma patrulha mista Rafale/SEM apoiada por um E2-C Hawkeye.

Na manhã deste sábado cerca de 20 aviões franceses participaram das missões de patrulha e de ataque a terra, indicou o Ministério, que precisou que se tratou de duas patrulhas Rafale, outras duas Mirage e outras duas mistas Rafale/SEM.

Catar se tornou no primeiro país árabe em participar do ataque à Líbia, ao que também prometeu uma contribuição dos Emirados Árabes Unidos.

O Ministério informou também que o porta-aviões “Charles de Gaulle” recebeu munição e carburante para os aviões através do submarino “Mosa”.