Ativistas põem ratoeira gigante em casas de políticos no México

Os manifestantes também gritavam que os políticos estavam demitidos por trair a população

Tijuana – Membros de organizações civis lançaram uma campanha para mostrar os deputados do estado de Baixa Califórnia, no noroeste do México, que aprovaram a Lei Estadual de Água assim como leis municipais de aumentos tributários, colocando ratoeiras gigantes em frente a suas casas.

Aos gritos de “Estes são os Judas que traíram os baixa californianos”, membros do Congresso Nacional colocaram nos últimos dias letreiros nas casas dos 15 deputados, pontes e outros lugares públicos como o edifício do Poder legislativo, em Mexicali, a capital do estado.

Os membros do Congresso, identificados como Célula 686, filmaram cada uma das ações, incluído o incidente ocorrido na ponte Lopez Mateos e Lázaro Cárdenas, onde vários agentes de segurança removeram imediatamente os cartazes que chamavam os deputados de “Judas”.

As imagens mostram que, por conta da grande presença dos ativistas que estavam gravando a ação, os agentes recuaram e deixaram que os cartazes fossem recuperados.

Em cada uma das casas dos deputados onde chegaram os ativistas, cartazes eram colocados, além de deixarem grandes ratoeiras com o lema “Armadilha. Rato de duas patas”. Eles também gritavam que os políticos estavam demitidos por trair a população.

Os vídeos, divulgados em redes sociais, tiveram dezenas de milhares de visitas.

Os deputados denunciados aprovaram a Lei Estadual de Água, no dia 19 de dezembro, em uma sessão legislativa de 12 horas, interrompida em várias ocasiões por trabalhadores sindicalizados da Comissão Estadual de Serviços Públicos de Tijuana, que se sentem ameaçados com a nova lei.