Atividade privada da zona do euro desacelera em junho

Contração da Itália e da Espanha puxaram os índices para baixo

Londres – A atividade do setor privado da zona do euro desacelerou fortemente em junho, à medida que a Itália e a Espanha caíram novamente em contração. O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro caiu para 53,3 em junho, de 55,8 em maio, segundo a Markit.

A leitura permaneceu acima de 50, o que indica expansão, mas o crescimento teve a maior desaceleração desde novembro de 2008, logo depois do colapso do banco de investimento norte-americano Lehman Brothers. As previsões eram de que o PMI composto ficasse em 53,6.

O PMI do setor de serviços da zona do euro caiu para 53,7 em junho, de 56,0 em maio, diante das estimativas de 54,2. Na última sexta-feira a Markit informou que o PMI industrial da zona do euro recuou para 52,0 em junho, de 54,6 em maio.

Itália e Espanha registraram leitura abaixo de 50 no PMI de serviços, como a de 47,4 da Itália em junho, em comparação com 50,1 em maio, pior do que a projeção de 49,4. Isso é uma preocupação porque os dois países estão em dificuldades para evitar o mesmo destino de Grécia, Portugal e Irlanda – todos vítimas da crise de dívida da zona do euro.

Reino Unido

O crescimento do setor de serviços do Reino Unido teve leve alta em junho, segundo uma pesquisa da Markit e do Chartered Institute of Purchasing and Supply. O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) de serviços subiu para 53,9 em junho, de 53,8 em maio.

O resultado foi melhor do que a previsão dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que era de queda para 53,5.

Alemanha e França

A atividade do setor privado da Alemanha e da França foi significativamente fraca em junho. O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços alemão subiu para 56,7 em junho, de 56,1 em maio, mas ficou bem abaixo das expectativas de alta para 58,3. O PMI de serviços francês despencou para 56,1 em junho, de 62,5 em maio, abaixo da previsão de 56,7. As informações são da Dow Jones.