Atentado suicida deixa 5 mortos em mesquita nigeriana

O atentado ocorreu em uma mesquita de Maiduguri, capital do estado de Borno, próxima ao palácio de seu líder espiritual, Abubakar Garbai

Lagos – Pelo menos cinco pessoas morreram e outras seis ficaram feridas em um atentado suicida nesta sexta-feira em uma mesquita no norte da Nigéria, que tinha como alvo um líder espiritual e um político local.

O atentado ocorreu em uma mesquita de Maiduguri, capital do estado de Borno, próxima ao palácio de seu líder espiritual, Abubakar Garbai.

O terrorista, que levava os explosivos acoplados a seu corpo, foi detido por dois policiais quando tentava se aproximar de Garbai e do vice-governador do estado, Zanna Mustapha, informou a Força de Ação Conjunta (JTK) do Exército da Nigéria em comunicado.

“As forças militares mobilizadas no palácio evitaram que o terrorista conseguisse atingir os líderes. Os dois soldados que apartaram o suicida se encontram em situação crítica”, afirmou o porta-voz da JTF, o coronel Sagir Musa, na nota oficial.

Segundo ele, soldados isolaram a área e o esquadrão antibomba da JTF realizou buscas de outros explosivos. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque até o momento.

Maiduguri é o reduto do grupo radical islamita Boko Haram, que assassinou pelo menos 1,2 mil pessoas na Nigéria desde que começou sua campanha de terror em 2009.